Polêmica: Joelma lança “Ai, Coração” mesma música lançada dias atrás por Jade


Ontem (21), a Joelma Calypso lançou nacionalmente sua primeira música de trabalho em carreira solo. A faixa “Ai, Coração” de autoria de ‘Louro Santos e Valdeci Moreno’. Porém, junto com o lançamento veio mais um polêmica que cerca a cantora, a mesma música foi lançada dias atrás pela cantora ‘Jade’ com título diferente “Solidão”.

O capítulo Joelma X Ximbinha ganhou mais um capítulo, isso porque o músico é o produtor do CD da cantora ‘Jade’. Segundo a assessoria de Joelma, ela é a detentora dos direitos de gravação da música.

Fiquei surpreso e ao mesmo tempo indignado ao ver nas redes sociais a composição ‘Ai Coração’, de minha autoria, Louro Santos, em parceria com Valdeci Moreno, sendo cantada por uma cantora chamada Jade(?). Não a conheço, não autorizei a gravação e por isso solicito a retirada imediata da música do seu CD, das redes sociais e meios de comunicação em geral. A música “Ai, Coração” faz parte do novo trabalho da cantora Joelma Calypso. Esse tipo de maldade jamais vai tirar o brilho dessa grande estrela! Deus no comando!” Escreveu Louro Santos no Instagram.

joelmaCalypso-2

Em nota oficial divulgada nas redes sociais a cantora ‘Jade’ se pronunciou sobre o assunto: Informa que gravou o CD ‘Bem que te avisei’ foi gravado em junho do ano passado e que ficou pronto no inicio de dezembro. A música ‘Solidão’ já estava programada para divulgação nas redes sociais e rádios, exatamente agora no mês de janeiro. Diz que nem ela nem o produtor Ximbinha sabiam que a Joelma tinha gravado a mesma música.

joelmaCalypso-3

 “Jade, que tem 24 anos de carreira, já gravou 12 discos e um DVD, comunica que, em nenhum momento, nem ela nem o produtor, o músico Ximbinha, sabiam que a cantora Joelma, por que, aliás, nutrem um enorme carinho e respeito, havia também gravado a música. O disco de Jade chega às lojas no final deste mês de janeiro. Jade não pode modificar sua playlist, que já está gravada. Fica aqui registrada a verdade dos fatos, para quem quiser se atualizar e tirar suas próprias conclusões”, encerra o a nota.


Sobre o autor

Claudê Lopes