Jair Oliveira e Luciana Mello em tributo ao “Jairzão” na Galeria Olido


Em show com pouco mais de uma hora de duração os herdeiros de Jair Rodrigues apresentaram na Galeria Olido, no centro de São Paulo, o tributo ao ‘Jairzão’. Os irmãos trouxeram no repertório canções que faziam parte do show “Família Rodrigues” que tinha o patriarca formando o trio.

Jair Oliveira e Luciana Mello na Galeria Olido (9)

Acompanhado dos músicos, Eric (Baixo), Marcelo Maita (Teclados), Daniel de Paula (Bateria) e Paulinho Dafne (violões e Guitarra), Jair e Luciana cantaram 15 músicas entre elas: ‘O Samba me cantou’, ‘Alguém me avisou’, ‘Malandro’, ‘Na veia da nêga’, ‘Tiro onda’, e ‘Casa de bamba’. É a maior representação de clássicos do samba, e como dizem o Sambão.

Jair Oliveira ressalta a alegria que era o pai e das histórias que contava nos shows. O intrépido artista responsável por muitos sucessos destacou um dos maiores sucessos da Luciana Mello completou maioridade, e brincam: “Poxa como passa rápido”, isso antes de interpretarem a música “Simples Desejo”. O rol do repertório ainda conta com outro rit da cantora a canção ‘Assim que se faz’.

Os filhos de Jair Rodrigues renderam a maior homenagem ao pai cantando a canção ‘Como é grande o meu amor por você’. Jair Oliveira entoou a trilha infantil ‘Normal é ser diferente’ que faz parte do projeto ‘Grandes Pequeninos’ um canal do youtube, encabeçado pelo músico e sua esposa a atriz Tania Khalill.

No final do show os cantores com toda simplicidade descem do palco e vão para o meio da plateia e pedem para que tirem selfie. “Preparem seus celulares que esse é o momento selfie” e assim fazem ao cantar a música “A Majestade O Sabiá”.

Para fechar a apresentação entoam ao som de viola um dos maiores sucesso do ‘Jairzão’ a canção ‘Deixa isso pra lá’.

 


Sobre o autor

Claudê Lopes