Feliz Natal leitores


fantine-psicologa2

Ao longo da vida, as pessoas pensam no verdadeiro motivo de sua existência, e na maioria das vezes, se engana. Pode-se pensar que é apenas por uma forma de defesa para amenizar a dor das frustrações. Por isso, o homem passa a vida toda procurando a felicidade, mas ao olhar-se no espelho, se depara com um grande vazio interno, ao qual, é compensado com adrenalina e as compulsões. As pessoas não têm a consciência que ser feliz não é vivenciar apenas momentos de alegria. Mas, sim ter coragem de enfrentar os momentos de tristeza e sabedoria para transformar os problemas em aprendizado e amadurecimento.

 

Dia 25 de dezembro é o dia que comemoramos o nascimento de Jesus Cristo. Em quase todos os países, as pessoas mantêm uma tradição de enfeitar árvores de natal, decorar a casa e outros ambientes. Assim como, troca de lembranças, que representam os presentes dados a Jesus em seu nascimento pelos três Reis Magos na Manjedoura. O Natal é o momento de renovação dos melhores sentimentos, como amor, carinho, afeto, ternura e solidariedade. Assim como, na virada do ano, que são feitas as promessas para conseguir um bom trabalho, ganhar muito dinheiro, emagrecer, parar de beber, arrumar um companheiro (a), etc. Refletindo sobre o assunto, é difícil dizer, se realmente as pessoas conseguem perceber a verdadeira lição que Aquele que morreu por nós, nos deixou. Amar ao próximo como a si mesmo e a Deus sobre todas as coisas. Leitor! Pare e pense. Você se ama? Para amar o outro, primeiro tem que se amar, preenchendo o vazio de sua alma com sua própria companhia, sendo humilde, respeitando-se, aceitando suas limitações e dificuldades.

 

Muitas vezes é necessário opor-se, a si mesmo para conseguir caminhar. Mas, não se desespere se algo der errado, pois às vezes, é necessário descer um degrau para impulsionar a subida de dois ou três degraus. Trabalhemos também a compaixão não só no dia do Natal, mas ao longo da vida. Só assim, poderemos nos entender para compreender o próximo. A pessoa que entende o seu semelhante é sábio, o que entende a si mesmo é iluminado. Lembrando que o maior presente não é material, e sim um simples abraço dado com muito amor. Se descobrir, leva tempo, e muitas vezes é doloroso, mas só assim, para encontrar-se e fazer um balanço da vida.

Feliz Natal e um ótimo Ano Novo.


Mauro Tajra

Mauro Tajra

Jornalista e Radialista. Editor do site Click Fato.

Sobre o autor

Mauro Tajra

Jornalista e Radialista. Editor do site Click Fato.