Ebola é descartado, oposicionistas suspeitam de armação


ebola

Para tirar petrolão das manchetes, está e a suspeita da oposição sobre o caso “Ebola” no Brasil. O exame deu negativo no paciente africano Souleymane Bah, suspeito de infecção do vírus que vem assombrando o mundo.

O Ministério da Saúde informou na manhã deste sábado (11), que o resultado conclusivo só será obtido após um segundo exame. Nas redes sociais cresce comentários sobre tudo não passar de armação para tentar ofuscar as declarações dos delatores do Petrolão Paulo Roberto Costa e doleiro Alberto Youssef.

Oposicionistas desconfiam que o ebola pode estar sendo usado em lugar de descobertas de petróleo, para abafar o escândalo. Bah, um missionário de 47 anos, saiu de Guiné, dia 18 de setembro, passou pelo Marrocos, chegou ao Brasil no dia seguinte. Por apresentar febre (de apenas 36 graus), o caso foi classificado como suspeito. Mas o que ele tinha, segundo os médicos, era sintomas de desnutrição.


Will Macambira

Repórter | Editoria de Aviação, Música

Sobre o autor

Will Macambira

Repórter | Editoria de Aviação, Música