Brunelli faz apresentações em prol da diversidade na semana do Orgulho LGBT e encerra parada de São Paulo


O cantor Brunelli, que acaba de lançar seu mais novo sucesso, o hit ‘Freelance’, está fazendo história em sua carreira, que tem como foco a representatividade, na semana em que são celebrados vários eventos com foco no respeito e diversidade. O cantor irá se apresentar no Trio Avon, durante a 23ª edição da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, que acontece neste domingo (23), na capital paulista, ao lado de atrações como a ex-Spice Girl Mel C, Iza, Luisa Sonza, Gloria Groove, Aretuza Love, Lexa, Mc Pocahontas e outros. Para fechar e com chave de ouro, Brunelli irá realizar o show de encerramento da Parada, que acontece na Praça da República.

 

Antes disso, Brunelli irá se apresentar no 19º Prêmio Cidadania em Respeito à Diversidade LGBT, e fazer show na festa Parada SP Fest, no dia 21 de junho. Ambos os eventos serão realizados na Audio Club, em São Paulo, marcando as celebrações em prol das causas LGBTQI+. No dia 20 de junho, o cantor vai agitar as pistas da Festa Gambiarra.

 

O cantor irá estrear o projeto “Brunelli canta Divas”, apresentando um medley de grandes hits icônicos da música pop. O grande alcance vocal do cantor cria interpretações verdadeiramente emocionantes de cantoras como Whitney Houston, Elis Regina e Beyoncé. Estes momentos inspiraram o cantor a criar o projeto.

 

“Não tenho palavras para definir minha emoção em participar e cantar nesses eventos, que são muito representativos para mim, tanto pessoal quanto profissionalmente. O fervo vai ser grande e podem esperar que vou dar meu melhor”, comemora Brunelli.

 

Brunelli está fazendo história na cena Pop e se consagrando com seu talento, representatividade, voz única e afinação. “Freelance”, seu novo hit, foi composto e produzido por Umberto Tavares, um dos maiores nomes do segmento Pop nacional. O clipe, que já ultrapassou a marca de 322 mil views, teve direção do renomado Daniel Alfaya, que já brilhou em trabalhos com artistas como Lorena Simpson e Banda Uo.

 

 

Representatividade

Brunelli chega ao mercado musical com uma proposta diferenciada e representativa para o cenário pop. O cantor é dono de uma voz única, que já lhe rendeu convites para participar de vários programas de TV. Com uma afinação perfeita, Brunelli consegue imprimir, nas suas interpretações, um novo jeito de cantar, aliado a um estilo e letra autorais que, certamente, vão encantar o público.

 

Ele quer cantar o que vive em suas desventuras amorosas e mostrar o que sente como jovem, solteiro e gay. Com todas essas características, o novo repertório conta com a chancela e produção dos estúdios da UM Music, de Umberto Tavares, responsável por hits de Anitta, Ludmilla e Nego do Borel. O cantor também faz parte do casting da Universal Music.

 

“Não tem felicidade maior do que começar a carreira fazendo parte de referências, como a Universal e UM Music. Nas minhas canções, procuro retratar tudo muito parecido com o que sentimos em algum momento da vida. Minha inspiração é sempre com tom divertido e leve, que se conecta muito bem com a música pop”, conta Brunelli.

 

História

 

A história de Brunelli com a música é um pouco diferente da maioria. De família muito religiosa, em sua casa não se ouvia nenhum outro gênero que não fosse o gospel. Mesmo assim, com poucos ídolos e referências, se encantou pela música e pelo fato da sua voz poder tocar a vida das pessoas. Aos 7 anos, começou a cantar na igreja que frequentava, em São Carlos, no interior paulista.

 

Quando conseguiu certa independência, já na adolescência, conheceu o gênero pop e devorou, rapidamente, a discografia de ícones com vozes marcantes, como Michael Jackson e Demi Lovato, se reconhecendo em sua vocação. Foi, assim, que começou a cantar em bares da cidade, eventos e concursos regionais, ampliando sua experiência como músico e como apreciador de música.

 

Em todos os lugares que canta, leva muitos à mesma reação de surpresa: “É um homem cantando?! Tem certeza? ”. A grande extensão vocal de Brunelli lhe rendeu apresentações em programas de TV de expressão nacional, como “Máquina da Fama” (SBT), interpretando Michael Jackson e Beyoncè; foi destaque no “Programa da Xuxa” (Globo) e no concurso “Tem um Cantor Sertanejo Lá em Casa”, do “Programa da Eliana” (SBT).

 

Sempre carismático, mesmo sem sair vencedor, o garoto encantou o cantor Daniel, que lhe deu seu violão pessoal, – um Martin & Co, com valor maior do que o prêmio final -, como forma de incentivo à sua carreira musical.

 

Seu timbre agudo e surpreendente também chamou a atenção do produtor Arnaldo Sacomani, durante o “Programa do Ratinho” (SBT), no fim de 2016. Sacomani, então, produziu a versão de Brunelli para o hit “Primeiros Erros”, que fez parte da trilha musical de “Carinha de Anjo”, novela que foi ao ar no SBT.

 

 

 

SERVIÇO:

 

Festa Gambiarra

20 de junho (quinta-feira)

Local: Open Bar Club

Horário: A partir das 23h

 

19º Prêmio da Cidadania em respeito à Diversidade LGBT

21 de junho (sexta-feira)

Local: Audio Club

Horário: 19h

 

Festa Oficial da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo

21 de junho (sexta-feira)

Local: Audio Club

Horário: A partir das 22h

 

Trio da Avon

23 de junho

Local – Parada Gay Avenida Paulista

 

Show de encerramento

23 de junho

Local: Praça da República

 

Foto: Divulgação


Claudiana Rosário

Claudiana Rosário

Jornalista e assessora de imprensa.

Sobre o autor

Claudiana Rosário

Jornalista e assessora de imprensa.